O que São Propriedades Organolépticas?

Padrão

Propriedades organolépticas são as características dos materiais que podem ser percebidas (e avaliadas) pelos sentidos humanos, como a cor, o brilho, a luz, o odor, a textura, a maciez, o som e o sabor.
Especialmente os alimentos são avaliados pelos exames organolépticos para verificar se estão em boas condições para o consumo.
Uma das características organolépticas mais avaliadas é a maciez da carne, gerando ganhos econômicos extras, por arroba comercializada.

Limpeza do Sistema de Ventilação de Cozinhas Profissionais

Padrão

Conceitualmente, sistema de ventilação mecânica é o conjunto de equipamentos que, harmonicamente conectados, colaboram para a execução de um fim específico, que pode ser ventilação mecânica, insufladora ou ventilação mecânica, exaustora .
Um sistema de ventilação para cozinhas profissionais é composto, essencialmente, de captores, filtros para limpeza do ar de processo, dutos de distribuição do ar de processo e ventiladores.
Sob o ponto de vista da eficiência do sistema de ventilação e filtragem do ar de processo é preciso que se estabeleça um tempo mínimo para se fazer a limpeza do sistema. Para isso é necessário o controle histórico da utilização do mesmo, onde, basicamente, deve ser considerado os equipamentos que compõem o bloco de cocção, os alimentos processados, a fonte de calor utilizada na preparação, os volumes que são preparados, a técnica culinária (cozeduras (ao vapor, à pressão), frituras, assados, gratinados…), o tipo de catalizador da operação (água, óleo, manteiga, leite, azeite…) e por fim, o tempo de operação, diário, da cozinha.
Nós, da MACROVENDA – VENTILAÇÃO INDUSTRIAL – FOODSERVICE SOLUTIONS, sugerimos que mantenham a limpeza do sistema de ventilação dentro do tempo mínimo, identificado, assegurando a conformidade às normas vigentes e a eficiência do sistema.
Oportunamente, trataremos de outros aspectos importantes na limpeza e manutenção nos sistemas de ventilação de cozinhas profissionais.

Eficiência Energética do Ar Condicionado

Padrão

Em tempos de calor, crise hídrica e energética, tem tudo a ver estarmos predispostos à reciclagem de ideias, atitudes e comportamentos.
O uso de ventiladores como alternativa ao ar condicionado ou mesmo em consórcio, para minimizar o consumo de energia, é uma grande pedida. Agora, quando não dá para usar o ventilador, ao usar o ar condicionado, estejam atentos à eficiência energética do equipamento, observando o coeficiente de performance (COP) ou a relação de eficiência energética (EER). Ambos os índices, relacionam a energia térmica gerada (frio ou calor) e a energia elétrica consumida.
Por exemplo, se um ar condicionado é de 12.000 BTU, a potência térmica dele é de 3.500 W (3,5 kW/h) e o consumo de energia elétrica é de 1.300 W (1,3 kW/h).
Para fazermos o cálculo de eficiência energética desse equipamento, dividimos 3,5 kW/h por 1,3 kW/h e achamos que o COP ou o EER é de 2,69 kW/h, ou seja para cada 1 kw/h, consumido, geramos um conforto térmico de 2,69 kW/h.
Para conhecer a performance de um determinado equipamento, consulte o site da marca do condicionador de ar.

A Inclinação Ideal de um Telhado

Padrão

A inclinação do telhado depende do tipo de telha escolhida, pois existem modelos que suportam maiores inclinações e outras que já não suportam e por isso há uma norma regulamentadora imposta para cada tipo de telha. A NBR responsável por coberturas é a 5720 nb 344.
A telha mais usada em canteiros de obras é a telha cerâmica regulamentada pela NBR 8039, que suporta uma inclinação de até 36%. Maiores inclinações podem acarretar problemas, como por exemplo, goteiras.

Por sermos apaixonados pelo que fazemos, oferecemos conveniências aos nossos clientes: planejamento, projeto e implementação de sistemas de ventilação para cozinhas profissionais; fabricação e comercialização de todos os equipamentos pertinentes; por fim prestamos consultorias para adequação dos sistemas à norma NBR14.518/2000, com o fornecimento de ART e gestões junto a órgãos ambientais.
A inclinação mínima para qualquer telhado é de 25%, pois é a inclinação ideal para que não haja problemas na cobertura.
As telhas podem ser galvanizadas, ecológicas, cerâmica (barro), concreto, fibrocimento, vidro, metálicas ou de policarbonato.

Climatizadores Evaporativos x Climatizadores Aspersivos

Padrão

Afinal, qual a diferença entre estes dois tipos de equipamentos? Qual dos dois seria mais eficiente no meu ambiente? Conheça a característica de cada um aqui.

Climatizadores Evaporativos
Como funciona: o ar do ambiente é captado por um ventilador e forçado a passar através de um filtro encartonado tipo colmeia, que é umidificado constantemente. Ao passar pelo filtro umidificado, as moléculas do ar de maior energia (ou seja, mais quentes) são evaporadas, fazendo com que a sensação térmica caia. Ao ser devolvido ao ambiente, esse ar produz a sensação de conforto térmico, pois perdeu calor e teve a sua umidade relativa e velocidade aumentadas.

Climatizadores Aspersivos
Como funciona: O conjunto de ventilador mais climatizador asperge micropartículas de água no ambiente.
Com a velocidade do vento, as micropartículas de água vão se atritando com as moléculas de maior energia do ar, provocando a evaporação do calor e causando a sensação de resfriamento do ambiente.

Para ambos os processos de climatização, evaporativo ou aspersivo, é necessário que se tenha uma boa circulação de ar no ambiente, para evitar-se a condensação, ou seja, para não umedecer o ambiente.

“Decibels” ou “Decibeis”: Qual é o Correto?

Padrão

Os engenheiros da Bell Labs, em homenagem ao fundador da empresa, Alexander Graham Bell, deram o nome a uma invenção, de bel (símbolo B) e assim se popularizou.
Considerando as regras da International Organization for Standardization – ISO, quando o nome da unidade homegeia uma pessoa, não se usa o plural.
O Quadro Geral de Unidades de Medidas, do Brasil, estabelece que a forma legal do plural de decibel é decibels.
Por fim, no “Novo Dicionário Aurélio da Lingua Portuguesa”, o plural de bel é bels, enquanto para o plural de decibel as duas formas são corretas: decibels e decibeis.

Ventilação de Cozinhs Profissionais: a Profissionalização de um Segmento

Padrão

Estamos presenciando um momento de maior conscientização e assunção de responsabilidades.
Particularmente, vejamos as questões da ventilação de cozinhas profissionais.
A norma NBR 14.518/2000, que regulamenta o segmento, na iminência de ser atualizada, ainda é bastante desconhecida pela grande maioria dos players do segmento, mas quando apresentada, a resposta é positiva e animadora e cabe a nós, da mesma cadeia de interesses, irmos esclarecendo e implementado as modificações, pois elas são importantes sob os aspectos: higiênico-sanitário, segurança patrimonial e funcional, salubridade, ergonômico e ecológico.

A Macrovenda tem expertise em planejamento, projeto, instalação, treinamento e consultoria nas áreas de sistemas de ventilação de cozinhas profissionais e ventilação e controle da poluição industrial. Contamos com uma equipe qualificada, especializada em sistemas de exaustão em geral, com filtragem dos mais diferentes tipos de poluentes emitidos pelos processos industriais e comerciais. Comercializamos sistemas completos, adequados às leis específicas de cada segmento, às leis ambientais e trabalhamos em conformidade com as normas brasileiras (ABNT). Nossos produtos têm qualidade garantida e nosso atendimento personalizado visa manter a tranquilidade de nossos clientes, da execução do serviço ao pós venda.