Aspectos Culturais da Alimentação

Padrão

Um costume que pode ser considerado como uma regra universal da hospitalidade é que quando um anfitrião oferece comida, você come. É uma demonstração de confiança, um sinal de pertencimento. Recusar a refeição oferecida por alguém, é como se estivéssemos rejeitando a própria pessoa.

Entretanto, os hábitos alimentares cada vez mais seletivos da sociedade moderna ocidental podem adicionar obstáculos a esse costume social tão antigo, segundo reflexão de Pamela Duckerman em artigo para o Jornal New York Times.

Tendo vivido nos Estados Unidos e na França, a colunista compara as diferenças no que é visto como aceitável em relação aos hábitos alimentares e os diferentes papéis que a alimentação apresenta nos dois países.
Enquanto os americanos muitas vezes descrevem sua alimentação como “uma jornada individual de auto descoberta, na qual cada pessoa tenta descobrir, com o tempo e a experiência, qual seu perfil nutricional, para assim satisfazê-lo”, os franceses veem a alimentação, antes de mais nada, como uma atividade coletiva. Para eles, “comer não tem o propósito único de nutrir biologicamente o corpo, mas também e acima de tudo, nutrir os laços sociais”, cita a escritora.

Outra afirmação interessante da articulista é que, dietas seletivas, não necessariamente, são melhores para a saúde, pois elas raramente funcionam e para perder peso você deve se exercitar mais, comer menos e moderadamente, uma variedade de alimentos de alta qualidade e prestar atenção para saber se realmente você está com fome [ou se é um impulso da gula, disfarçando carências e emoções].

Saiba mais sobre o assunto no livro: “Selective Eating: The Rise, the Meaning and Sense of Personal Dietary Requirements”, de Claude Fischler.

3 comentários sobre “Aspectos Culturais da Alimentação

  1. Oi pessoal
    Esse site é mesmo surpreendente, queria dar os parabéns pelo trabalho de vocês.
    Sempre é bom obter novos conhecimentos, obrigado 😉

  2. Pelo que eu entendi nesse blog algumas coisas ainda ficaram faltando mais detalhes.Ideal seria detalhar mais esse site para melhor entendimento. Abraços Alina 🙂

    • macrovenda

      Boa tarde, Alina! Desculpe pela demora.
      No caso desse post, a ideia era apenas mostrar um fato interessante e pouco conhecido, sem porém nos aprofundarmos muito.
      Mas acho uma sugestão válida e vamos levar em conta no futuro. Em todo caso, ficamos felizes em responder a quaisquer dúvidas! Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *